sábado, 13 de dezembro de 2014

Os Episódios Natalinos do Pica-pau

Um desenho animado de sucesso como o Pica-pau é obrigatório ter um episódio especial de Natal, e como já estamos no clima do Natal, eu vou mostrar para vocês os episódios natalinos do Pica-pau e sua turma. Em ordem cronológica, pra deixar tudo mais bonito.

Episódio 01: O Desfile de Natal/Toyland Premiere (1934) 




Esse curta lançado em 1934 por Walter Lantz é um clássico! Esse curta marcou minha infância, e é um ótimo curta pra assistir na época de Natal. É pouco conhecido nos EUA mas tem seu reconhecimento por fãs. Aqui no Brasil, por ordem do destino ou eu não sei, ele sempre foi exibido na Positivo desde 1985, e nunca foi exibido no Sbt quando comprou o Pica-pau. Por isso é estranho o fato do curta ser exibido na emissora, quando deveria está na outra. E desde então é exibido ou no dia 24 ou no dia 25. Teve anos que passou fora de época. A primeira vez que vi foi em 89, quando tinha seis anos, e passou no início da noite de 25 de dezembro, ás 18:00 parece. E de lá pra cá, tem sempre espaço na programação especial da Positivo de Natal, muito tradicional. 

O curta começa no castelo do Papai Noel, cheio de símbolos do Natal, os duendes. Que fica triste, por razão emocional. Até que os duendes o ajudam, e Papai Noel volta a sorrir, e vai com suas renas pro desfile de natal na cidade de Nova York (dá pra saber na hora, pelo estilo dos prédios), e de lá ela vai pra um jantar especial com os famosos da época, na década de 30, entre eles estão o Gordo e o Magro, e um carinha negro, dentro de um grande salão cheio de brinquedos e bolos gigantes. E lá dentro, o Gordo e o Magro fazem uma grande confusão, eles promovem uma guerra de bolos e brinquedos, em que todas as celebridades da época participam.

Esse curta é nostálgico. Parece até da Disney ou MGM, grandiosas da animação na época. Há uma curiosidade esse foi o segundo curta produzido por Lantz a ter cores, nesse caso verde, vermelho onde empresas como a de Lantz só poderiam ter essas cores no entanto.




Nenhum comentário:

Postar um comentário