sábado, 17 de setembro de 2016

A Gata Comeu (1985)





Uma das novelas mais inesquecíveis e incríveis da Positivo foi A Gata Comeu. Exibida entre 02 de março á 28 de novembro de 1985, entre o final de tarde e início de noite, a trama charmosa foi uma das maiores audiências de todos os tempos da emissora.

Pra início de conversa, não havia muita confiança na novela, a história era muito ousada, iria requer muita qualidade e custo alto, visando ainda em que em 85, em outras emissoras, as histórias eram mais simples e mais digamos que "rural sem ser rural". A Gata Comeu foi uma exceção, e mesmo com os obstáculos, tudo pareceu ser perfeito, e o resultado veio na repercussão, crítica e audiência. Pra se ter idéia, esta foi a primeira novela da história sem ser da Rede Globo, que conquistou mais de 40 pontos, de acordo com dados obtidos pela cronologia do Ibope desde o final dos anos 60. Isso foi incrível, foi impressionante!

Falava de Helena, uma mulher que trabalhava para sua família em várias coisas, ora era vendedora de doces, ora era locadora de video-games, ora ajudava a pegar peixes, tudo isso se passava em Santos, São Paulo. Mas a jovem sempre foi ambiciosa e tinha um grande sonho escondido, onde somente sua mãe sabia, ser cantora e ser reconhecida pelo seu sucesso. Numa noite fria, ela sai escondida de sua casa e de sua família e pega um caminhão de carona e atravessa o Cubatão e as estradas, onde ao redor estão as imensas serras, numa chuva perigosa. Ela passa a morar em São Paulo, e vai em buscar do sucesso.

Para chegar até lá, ela andou, falou, fez muita arte, literalmente. Faz seus primeiros shows em barzinhos, depois em casa de eventos, e aos poucos se torna uma grande artista musical.

No capítulo de 12 de junho de 1985, no seu quarto mês, há a grande estréia da sua turnê, onde ela canta um repertório que fez um imenso sucesso não só na trama, mas na vida real. Neste dia, o capítulo conseguiu 52 pontos!

Realmente, em nove meses aconteceu muita, mas muita coisa mesmo! E se quiserem, saber mais, aguardem uns 5 anos pelo menos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário